Campanha ajude os animais – 1€ reverte em cada compra

EN PT
Shopping cart
0.00€

Slow Fashion? Mas eu adoro trapos…

Slow Fashion, o que é isso? Foi um grande choque para mim quando me apercebi que a indústria da moda é uma das maiores ameaças para o planeta Terra. Isto é devido ao seu processo de produção que consome uma quantidade de recursos naturais pouco sustentável, e ao nosso próprio desperdício – deitar roupa fora por já não se adequar às tendências atuais ou por se estragar devido à baixa qualidade.

O conceito “Slow fashion” surgiu há cerca de 5 anos inspirado no termo “slow food”. Surge exactamente para trazer esta consciência de que todos nós podemos contribuir para uma moda sustentável. As grandes marcas deveriam ser mais transparentes quanto ao impacto ambiental, e quanto ao facto de usarem materiais baratos sem terem em conta o impacto social. O “Slow Fashion” pretende reduzir o consumo excessivo e incentivar a compra de peças duradouras e/ou fabricadas de forma sustentável.

E tudo isto significa que vou ter que abandonar a paixão pela moda?

Penso que ações equilibradas têm sempre maior impacto já que conseguem obter o interesse e envolvimento de mais pessoas. Acredito que consigo contribuir para minimizar o impacto ambiental da moda, mas continuar a ser feliz com os “meus trapos”. Como?

  • Tendo mais consciência do que realmente necessito e não me deixar entusiasmar pelos saldos/promoções. Para mim, a estratégia por vezes passa por simplesmente não “ir aos saldos”
  • Escolhendo peças de bons materiais que possam durar mais tempo e, ainda, peças que possam ser usadas em diferentes estações
  • Transformando peças que tenho no closet para serem mais atuais – é um excelente hobby para quem sabe ou quer aprender.
  • Não deitando peças de roupa no lixo; pode doar a quem gosta ou necessita. Se já não pode mesmo ser aproveitado, será que não pode cortar a peça para panos de limpeza? Eu nunca compro panos de limpeza…

O projeto da The Nita’s House tem como objetivo fazer parte do movimento Slow Fashion. Como? a) as peças da Nita são feitas em pequenas quantidades e por encomenda b) trabalhamos com costureiras e pequenos negócios locais; c) gostamos de peças de roupa ou acessórios que se se convertem em peças diferentes para dar um maior uso à peça; d) transformamos peças que estão no roupeiro ou que são de outlet; c) usamos em algumas peças tecidos de coleções descontinuadas. Em resumo, mesmo sendo pequeno, este é o nosso contributo! Qual é o seu?

Nita Maria

blog

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous reading
Juntas somos mais fortes!
Next reading
Com um vestido preto, eu talvez me comprometa…
0
    0
    Carrinho
    Carrinho vazioIr para loja